quarta-feira, 12 de maio de 2010

Vestido que vira blusa...

Hoje vim só pra dizer que comecei a crochetar um vestido que está virando uma blusa....

Mesmo utilizando fio Anne (que dá exatamente a espessura de dois fios juntos de Cléa) e agulha 2.2 mm (na receita é pedida ag. 2 mm) tive de adicionar 80 correntes de base pra dar a medida indicada (o meu manequim é o mesmo da receita) e quando cheguei na parte do busto.... Ficou curto demais.....

Como o trabalho foi (e está sendo) grande, não irei desfazer o vestido/blusa. Na verdade já estava imaginando se teria coragem de desfilar no próximo verão com rosa-chiclete-escuro (!). Pra quem quiser a referência, a cor do fio é 6133, mais uma das minhas aquisições pelo site da Aslan.

E aproveito para preveni-las pra que comprem fios pela internet somente se já souberem que cor é correspondente a qual número. Comprei 3 novelos dessa cor achando que seria fúcsia e levei uma surpresa quando abri a caixinha que me foi entregue.... Não que eu não goste da cor que realmente é, A-D-O-R-O cor-de-rosa e (quase) todas as suas tonalidades, mas devo admitir que foi um tanto quanto decepcionante ver que não era a cor apresentada na foto.

Tanto pode ter sido pela tonalidade da foto tirada para o site quanto pelo monitor do meu note. De qualquer forma, fica a dica para as mais desavisadas.

Quando pronto, postarei o pseudo-vestido (afe).


Boa noite e abraços

Um comentário:

  1. Carolina o modelo do vestido é um show! que peninha que está ficando curto... mesmo com tudo aquilo de babado??
    Bem,de uma maneira ou de outra, você vai terminar e usar mesmo como blusa... muito bem.

    Realmente o site nunca consegue chegar na correal do fio... eu tive uma surpresa boa; comprei um fio mesclado achando um pouco feio e ele é lindo ao vivo:)
    bjinhos

    ResponderExcluir

Fique à vontade, este espaço é todo seu!
Não se acanhe em fazer críticas, afinal estamos todos aprendendo.
E não se esqueça de deixar seu e-mail ou endereço do seu blog para que eu possa responder e/ou visitá-lo.

Abraços

Carolina